Cento e cinco alunos de escolas da rede municipal de Petrópolis com idades entre 9 e 11 anos tiveram, nesta semana, uma aula diferente: eles participaram na segunda e na terça-feira (17 e 18) de atividades na MiniCidade do Trânsito, montada na Casa da Educação Visconde de Mauá, no Rio de Janeiro. No espaço, os estudantes percorreram um circuito onde puderam vivenciar a experiência dos pedestres e condutores que transitam pela cidade. A atividade faz parte do projeto “Se Essa Rua Fosse Minha”, integrado ao Programa Municipal de Educação para o Trânsito, implantado nas escolas do município. O projeto é fruto da parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, com a Fundação Escola Nacional de Seguros (FUNENSEG) e a Editora Fama Educativa, ambas de Curitiba.

A secretária de Educação, Mônica Freitas, destacou a importância dos programas de conscientização no trânsito nas escolas da rede municipal. “Educar nossos estudantes para o trânsito significa preservar vidas. Estamos trabalhando para formar cidadãos mais conscientes, o que sem dúvida vai contribuir para a redução no número de acidentes. Hoje, essas crianças e jovens são pedestres. Amanhã, serão também condutores. Conscientizá-los fará toda a diferença”, destacou.

Marisa Hadlich, formadora de professores e alunos de Curitiba, se surpreendeu com o que viu na MiniCidade. “Hoje estou vivenciando uma experiência maravilhosa trabalhando nesse projeto. Fiquei surpresa quando começamos as atividades na mini cidade. As crianças chegaram aqui com uma grande bagagem, trazendo o que aprenderam em sala de aula. Educar para o trânsito é o jeito que encontramos para preservar as vidas dessas crianças quando forem adultas”.

Mãe de Breno, aluno de 11 anos da Escola Municipal Rotary, a professora Janaina Fateicha aprovou a iniciativa. “É uma excelente iniciativa trazer para a sala de aula esse tipo de conscientização. Moro na Av. Barão do Rio Branco e constantemente presencio acidentes no local. Meu filho está sendo educado desde cedo para que seja responsável no trânsito e não cometa infrações”, declarou. Como quem já entende as responsabilidades da vida adulta, Breno garante que está aprendendo as lições: “Tenho que ter responsabilidade e respeito pelos outros quando estiver transitando pelas ruas”, finalizou.

A aplicação da MiniCidade foi realizada pelas representantes da Fama Educativa, Mariza Hadlich e Tereza Blum Matucheski.

Fonte: Portal Prefeitura de Petrópolis 

 

Clique aqui para conhecer mais sobre a MiniCidade e outros produtos da Fama Educativa