Hoje dia 25 de julho é comemorado o dia do motorista. Existem diversos tipos de motoristas, o imprudente, o gentil, o estressado, o responsável…qual tipo você é?

Independente de quem está atrás do volante, dirigir é um ato de responsabilidade. Por isso, a prudência e o bom senso devem ser fiéis aliados do condutor nessa hora. A direção defensiva deve ser praticada todos os dias, ou seja, conduzir um veículo com o objetivo de prevenir acidentes, estando atento às ações incorretas de outros condutores e das possíveis condições adversas da pista e do tempo. Trata-se da prática de dirigir com segurança, reduzindo a possibilidade de ser envolvido em acidentes de trânsito.

O motorista que respeita as leis de trânsito tem menos probabilidade de se envolver em acidentes e também de ser multado.

Veja abaixo o que acontecerá se o motorista:

Não parar no sinal vermelho ou na parada obrigatória

Art. 208 do Código de Trânsito: Falta Gravíssima. Sete pontos na carteira.

 – Ameaçar pedestres que cruzam a via ou veículos

Art. 170 do Código de Trânsito: Falta Gravíssima. Sete pontos na carteira.

– Não usar sinal luminoso ou gesto indicador de mudança de direção, mudança de faixa ou parada

Art. 196 do Código de Trânsito: Falta Grave. Cinco pontos na carteira

– Parar sobre faixa de pedestre na mudança de sinal luminoso

Art. 183 do Código de Trânsito: Falta Média. Quatro pontos na carteira.

– Dirigir o veículo com apenas uma das mãos, com fones de ouvido ou usando o celular

Art. 252 do Código de Trânsito: Falta Média. Quatro pontos na carteira.

– Efetuar manobras perigosas, arrancadas, derrapagens ou frenagens em vias públicas

Art. 175 do Código de Trânsito: Falta Gravíssima. Sete pontos na carteira

– Atirar para fora do veículo objetos e lixo. (condutor e passageiro)

Art. 172 do Código de Trânsito: Falta Média. Quatro pontos na carteira.

 

Condutor inteligente age com segurança e não leva multa!