Na sociedade contemporânea é importante a adoção de diferentes práticas pedagógicas para auxiliar o educador no aprimoramento das competências comunicativas dos alunos. O uso de materiais audiovisuais, por exemplo, como apoio em sala de aula, se utilizados de maneira criativa, contribuem para o bom rendimento escolar dos alunos.

Os curta metragens de animação, podem ser um recurso para trabalhar inúmeros conteúdos, estimulando debates e permitindo ampliar a percepção da turma sobre um determinado tema.

Para auxiliar o professor na sua prática educativa apresentamos alguns curta metragens que contribuem no estímulo à leitura. Confira abaixo:

A maior flor do mundo

Baseado na obra do escritor português José Saramago, o curta metragem de animação “A maior flor do mundo” apresenta a relação da criança com a descoberta do mundo a sua volta.

Argine

O curta metragem francês “Argine” criado por Julia Siméon, conta a história de uma menina que, encantada com a história de um livro, decide dar asas à sua imaginação.

 

The fantastic flyng books

O curta metragem“The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore” (Os fantásticos livros voadores do Sr. Morris Lessmore), aborda o mundo mágico da leitura, onde independente do lugar, a cada hora somos convidados a conhecer novas pessoas, lugares, e sentimentos. Uma bela animação sobre o poder das palavras.

A menina que odiava livros

Uma adaptação do livro homônimo de Manjusha Pawagi e Jeanne Franson “A Menina que Odiava Livros” é um curta metragem sobre a história de Meena, uma garota que simplesmente odiava os livros. Mas ela não conseguia ficar longe deles, porque em sua casa eles estavam por toda parte: nos armários da cozinha, nas gavetas, nas mesas, nos guarda-roupas e nas cômodas. Estavam também sobre o sofá, alguns entulhados na banheira e outros empilhados nas cadeiras.

 

 

 

 

­