1. Morango Sardento, de Julianne Moore

Envergonhada pelo apelido de “morango sardento”, a protagonista do livro experimenta até tomar banho com suco de limão para tentar eliminar suas sardas. A autora conta como fez de tudo para se livrar não só das pintinhas, como da autorrejeição. Morango Sardento mostra que, para “viver feliz para sempre”, é preciso se aceitar, com suas sardas e seu cabelo vermelho.

Autora: Julianne Moore

Editora: Cosac Naify

 

  1. Pedro e o menino valentão, de Ruth Rocha

2.pedroeomeninovalentão

Todo domingo, Pedro ia até a padaria comprar refrigerante para o almoço. Mas de vez em quando aparecia um menino muito maior que Pedro, arrancava a sacola da mão dele e saía correndo.

A situação piorou quando apareceu outro valentão para pegar o refrigerante de Pedro. Foi aí que o papai colocou o Pedro num curso de judô. Será que agora ele terá coragem de enfrentar os valentões?

Autora: Ruth Rocha

Editora: Melhoramentos

 

  1. Laís, a fofinha, de Walcyr Carrasco

laisafofinha

Apelidos horríveis, risadas, humilhações: Laís precisa enfrentar tudo isso na nova escola. De tanto as outras crianças a chamarem de gorda, a menina acaba acreditando que é feia. Envergonhada, ela se fecha em sua tristeza. Quando as meninas da escola espalham a notícia de que farão testes para selecionar uma menina para fazer uma novela, Laís fica ainda mais preocupada. Seu grande sonho é ser atriz e, para concretizar esse desejo, ela precisará decidir entre o medo e a coragem de ser como é.

Autor: Walcyr Carrasco

Editora: Ática

 

  1. Lilás, uma menina diferente, de Mary Whitcomb

lilás

Um livro que ensina a observar a realidade com todas as suas sutilezas, mesmo quando as coisas parecem inusitadas à primeira vista. A história de ‘Lilás’, uma menina ‘diferente’, também estimula na criança o uso da imaginação e os mecanismos de descoberta.

Inicialmente incompreendida pelos colegas de escola, Lilás revela-se afinal uma garota especial, dotada de grande sensibilidade.

Autora: Mary Whitcomb

Editora: Cosac Naify

 

  1. Bullying sem Blá-Blá-Blá, de Marcos Meier

bullyingsemblablabla

Hoje, só se fala em bullying! Nas novelas e nos filmes, vemos adolescentes humilhados e agredidos por serem diferentes. Na internet e nas redes sociais, há manifestações sinceras e mobilizações contra esse fenômeno mundial. Se você sofre bullying, esta obra vai ajudar você a dar o primeiro passo para se livrar dessa roubada! Durante a leitura, você ficará por dentro de dicas interessantes para poder passar uma rasteira no bullying de uma vez por todas! Além disso, você conhecerá melhor esse fenômeno e suas consequências.

Autor: Marcos Meier

Editora: Intersaberes

 

  1. Ela disse, Ele disse, de Thalita Rebouças

eladisseeledisse

Temas como amizade, bullying, respeito às regras e a relação entre pais e filhos também estão presentes no livro, abordados com a naturalidade e a descontração características da autora. E como num quebra-cabeça em que cada peça se encaixa perfeitamente à outra, a narrativa se desenrola revelando, com ritmo e bom humor, os sonhos e angústias de meninos e meninas diante de cada situação, com direito a passagens hilárias causadas pela difícil comunicação entre os sexos.

Autora: Thalita Rebouças

Editora: Rocco

 

  1. Pinote Fracote, Janjão o Fortão, de Fernanda Lopes Almeida

pinoteofracote

Janjão era o valentão da turma, mas não imaginava que um menino pequeno como Pinote fosse capaz de derrotá-lo. Para enfrentar as truculências de Janjão, Pinote usa o poder da inteligência. Será que vai dar certo?

Autora: Fernanda Lopes Almeida

Editora: Ática

 

  1. Ponte para Terabítia, de Katherine Paterson

ponteparaterabitia

Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado ‘Terabítia’, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.

Autora: Katherine Paterson

Editora: Salamandra

 

  1. Bullying: Vamos sair dessa?, de Miriam Portela

bullying:vamossairdessa

Na periferia e nos bairros de classe média, o bullying cresce como uma praga. Uns são marginalizados por serem “mais inteligentes”, outros por serem mais fracos, mais gordos, mais magros, mais ricos, mais pobres.

Autora: Miriam Portela

Editora: Noovha América

 

  1. Três contra um, de Rosângela Vieira Rocha

trêscontraum

Gabriel é um menino que, nascido na roça, vai morar na cidade para estudar. Ele e o irmão passam a semana sozinhos com a mãe. Tudo daria certo se Gabriel não fosse perseguido na escola por três colegas, que fazem tudo para dificultar a sua vida. Temas abordados: preconceito, violência, bullying, relações familiares.

Autora: Rosângela Vieira Rocha

Editora: Franco

11. Esta Cidade Também Minha

Capa_EstaCidade

O livro apresenta temas como o Bullying,  além de enfocar valores, atitudes, comportamentos, que favorecem a formação de uma personalidade mais equilibrada e preparada o aluno para um convívio social harmônico, dentro dos diferentes grupos sociais aos quais venha pertencer. Mais informações, clique aqui.

Tem alguma sugestão de leitura sobre o assunto? Comente!